Feijocada de Polvo



Como tinha prometido, aqui está a feijocada de polvo do almoço do feriado...
Adoro leguminosas, todas elas, e adoro moluscos, todos eles! Para mim, da união destes dois ingredientes nasce sempre algo fantástico, a molhanga, então, é óptima!
Quis experimentar cozinhar as feijocas que cá tinha, com o polvo que tinha congelado à espera de ser comido numa altura especial, até porque também é a 2º vez (vá, riam-se...) que cozinho polvo, a última vez ainda nem sequer tinha o blog, fiz em caldeirada, por isso não tive que o cozer antes, sim porque o meu stress era cozê-lo na panela de pressão... mas até correu bem!
As feijocas também nunca as tinha cozinhado, e para me armar em esperta (porque sou masoquista, só pode!) resolvi fazer esta receita no dia que ia ter cá visitas especiais... estão a ver o stress porque passei, não estão??? Lá correu tudo bem, a feijoca podia ter cozido um bocadito mais, mas de resto acho que toda a gente gostou...
Para quem não sabe o que é feijoca, é da familia do feijão mas tem o dobro do tamanho de por ex. um feijão manteiga ou encarnado. É óptima, eu gosto imenso.
Fiz com estes ingredientes a feijocada:
  • Feijoca demolhada e cozida cerca de 25 min. na panela de pressão depois de apitar
  • Polvo cozido com uma cebola cerca de 20 min. na panela de pressão depois de apitar (sem sal!!!)
  • Camarão descascado e congelado
  • 4 rodelas de chouriço
  • um punhado pequeno de bacon picadinho
  • Cebola e alho picadinhos
  • 2 tomate picadinho
  • Salsa picadinha
  • 1 folha de louro
  • 2 Cenoura às rodelinhas
  • Azeite
  • uma golpada de vinho branco
  • Piripiri
  • Água de onde cozeu o polvo e água onde cozeu a feijoca
  • Sal
Comecei por refogar a cebola e o alho no azeite. Juntei depois o bacon e o chouriço. Acrescentei a cenoura, o tomate, a salsa, o louro o piri-piri e o vinho branco e deixei apurar. Passado algum tempo adicionei o polvo, deixei que libertasse um pouco de sabor e de seguida juntei os camarões e a feijoca cozida. Das água das cozeduras, sem qualquer ordem ou quantidade certa, acrescentei de cada uma, um pouco até cobrir todos os ingredientes mais o sal, e continuou a cozer algum tempo, primeiro tapado, e depois destapado para apurar e o molho engrossar.

Para quem não come carne como eu (só o franguito e o peru...) recomendo que o chouriço e o bacon não fiquem cortados muito pequenos para que consiguam tirar com facilidade...
Enviar um comentário