A Tarte de chocolate FENOMENAL (receita)

Pois bem, a pedido de muitas famílias, aqui estou eu a deixar a receita DA tarte de chocolate do ultimo post.
Depois de muitas voltas à cabeça para escolher um titulo arrebatador para esta tarte, decidi deixar ficar um nome simples que acho que simplesmente diz tudo: FENOMENAL, porque de facto é um fenómeno, e supostamente, um fenómeno é algo único que acontece!
Deixo como apontamento que os meus standards de avaliação para tartes de chocolate estão agora muitíssimos mais exigentes, o que é mau porque hei-de ficar muitas vezes desconsolada... Por vezes os doces de chocolate são enjoativos, ou têm um sabor que nem é de chocolate nem é do resto que compõe a sobremesa, é de qualquer coisa, sabemos que a cor do dito está lá mas e o sabor????
Convido todos os Chocaholics, como eu, ao ponto de ter um porta-chaves que o confirma, a testarem esta tarte.
De referir que a receita é do Mestre Jamie Oliver, do livro que postei em baixo. Fiz umas pequenas alterações no recheio e a base é totalmente diferente porque tinha umas shortcakes de chocolate para gastar e quis experimentar a minha base habitual com bolacha moída. A base dele era com massa quebrada.
Temos então, chocolate na base, chocolate no recheio e cacau na cobertura! Uhhhhhhhhhhhhhhhhhh...PLHORRRCK... (BABA A CAIR NA MESA E BARULHOS ESQUISITOS COM A BOCA, SÓ DE IMAGINAR-ME A COMER UMA FATIAZINHA...)

A receita...
Tarte de chocolate FENOMENAL
  • 315 ml de natas gordas (usei mimosa light...)
  • 2 c.sp. de açucar (usei 1,5 c.sp. de frutose...)
  • 1 pequnissíma pitada de sal
  • 115 g de manteiga sem sal derretida
  • 455 g do melhor chocolate de culinária, partido (usei Pantagruel)
  • 100 ml leite (usei o resto das natas que estavam no pacote que usei em cima...
  • Cacau em pó para povilhar (usei do magro)
A minha base...

  • 340g de Bolachas shortcake de chocolate (mais coisa menos coisa, que era precisamente um pacote de 200g mais um resto de outro que estava aberto, quase cheio)
  • 50 g de margarina (habitualmente uso 30g mas como era mais do que 250 g de farinha, ou neste caso, bolachas moidas...)
  • 1dl de água
Começando pela base. Piquei as bolachas na picadora até ficarem tipo farinha. Depois derreti a margarina na água quente.
Passei a farinha de bolacha para a tarteira de cerâmica e fui deitando a mistura da água com a margarina e fui mexendo com um garfinho. Depois de tudo bem misturado, calquei com as mãos e ajeitei tudo bem na forma. Levei ao forno, tipo 5 min., só para secar um bocadinho. Deixei a base a arrefecer e fui a rezar tratar do recheio porque mais uma vez estava a testar algo que nunca tinha feito e não sabia se ia correr bem ou não e ia ter pessoas para o jantar...
Coloquei as natas, a frutose e a pitada de sal numa caçarola e deixei levantar fervura. Assim que levantou fervura retirei do lume e juntei a manteiga e o chocolate (era cá um cheirinho...) e mexi até tudo ter derretido completamente. Deixei arrefecer um pouco, misturando as segundas natas até a mistura ficar macia e brilhante. Deixei arrefecer mais um pouco. Se quiserem a mistura mais liquida podem sempre pôr mais um bocadinho de leite ou natas, eu não juntei mais nada, já chegava de invenções! Voltei a mexer bem e despejei para cima da base. Arrefeceu totalmente ao fim de cerca de 1 a 2h. Pus no frigorifico cerca de 40 min. porque tive medo que ficasse liquida, ou cremosa de mais, mas nem valia a pena... Ao cortar estava cremosa mas sem escorrer, tipo manteiga no verão fora do frigorifico! Na altura de servir, polvilhei com o cacau.

Acompanhei com morangos ao natural.

Espero não ter criado expectativas muito altas... Mas de facto gostei e estou a deixar o meu testemunho... Se não gostarem, podem-me castigar obrigando-me a comer deste fenómeno, óoooo castigo boooom...

Só me apetece cantar a música da Duffy - MERCY : "YOU GOT ME BEGING YOU FOR MERCY, YEH, YEH... LEIN, LEIN..."

Enviar um comentário