Piquenique!!!


Desculpem a apresentação em caixas de plástico, mas já estava tudo preparadinho para o piquenique quando me lembrei de tirar as fotos...
Sábado de manhã rumamos a Fátima ter com os pais do A..
Havia comida como se não houvesse o amanhã e boooooooooooooa: Polvo frito, beringela panada frita (adoro, adoro, adoro!!!), Bôla da bacalhau (irei postar brevemente!!!), Carne assada com castanhas e a minha contribuição: peixinhos da horta (já postada anteriormente, mas agora experimentei adicionar sumo de limão) e bolo de cenoura com nozes e canela (receita também já postada, mas esta com mais uns acrescentos...).
Era ainda para levar umas pataniscas de veggies e um feijão frade, mas a Sogradorada (É MESMO!!! UM AMOR DE SENHORA!!!) disse que não valeria a pena... Trouxe ainda comida para casa de tanta quantidade que havia!
Ok, não tirei fotos do piquenique...
Os Peixinhos da Horta:
  • Feijão verde (sem fio, cortado ao meio e cozido mas pouco, de maneira que fique rijinho, só mesmo uma entaladela)

Polme

  • 8 c.sp (desta vez tomei conta nas medidas...)
  • 2 dl água
  • 1/2 limão em sumo
  • 1 ovo
  • Sal
  • Pimenta
  • Alho em pó

Bati com uma vara de arames para ligar o polme bem. Mergulhei o feijão verde um a um e fritei em óleo de amendoim bem quente.

À receita do bolo acrecentei um pouquinho mais de côco e canela. (ver em bolos e bolinhos)

Um dia em beleza com uma comidinha óptima a acompanhar!
A DICA VERDE: Quando fritar algo, não despeje o óleo nem na sanita nem na pia da cozinha. O óleo polui muitissimo a água dos rios, mantando flora e fauna e demora imenso tempo e energia a ser tratado nas estações de tratamento de águas...
Utilize garrafas de 1,5 da de água (ou sumos... tamanho grande para não gastar várias garrafas...) para o depositar, quanto tiver arrefecido, utlizando um funil de metal (a gordura nos funis de plástico custa imenso a sair... no funil metálico é mais rápido e não corre o risco de quando o utilizar com outros liquidos ainda sair alguma gordura... ECA!!!), depois é só deitar a garrafa no lixo organico (o normal).
Não tenho foto para mostar desta dica, porque achei que o meu óleo (dos peixinhos da horta) já estava frio (morno...) e quando o despejei na garrafa, esta enquerquelhou e estava a ver que tinha cozinha oleada...
Foto da primeirissima dica verde (reciclagem), que me esqueci de mostrar...
Enviar um comentário