Calzone de tomatada de bacalhau





AMIGAS, obrigada pelas visitas na minha ausência! Tive muitas saudades da vossa "companhia" virtual!
Eis-me chegada, cheia de vontade de fazer comidinhas, para além dos grelhados habituais de férias (bem bons!).
Apesar de ter chegado ontem, e de ainda ter ido às compras para atestar a despensa e a arca, limpo a casa, regado as plantas ( a salsa e o cebolinho estão enormes, quase que me atacaram quando os fui regar, coitadinhos...), lavar a roupa (mil e uma coisas que mais dá vontade de não regressar de férias para não ter que pôr tudo em ordem...) ainda arranjei coragem para fazer estes calzones com as minhas formas que mostrei em postes anteriores...
A massa é rápida de fazer e pode-se dizer que até nem faz muito mal à linha (da cintura e afins...) porque tem pouquissima gordura.
Peço desculpa pela imagem que está um bocado desfocada (a condizer com a Anette que quando estava a jantar já via tudo desfocado com o sono...)
O recheio foi feito com tomates caseiros dos pais do A. e com uns lombos de bacalhau que tinha na arca.
Fiz assim:

Massa:

  • 300g farinha

  • 1dl de água

  • 3 c.s. de azeite

  • 1 ovo

  • umas pedrinhas de sal
Na minha bancada azul, pus a farinha em monte, tipo vulcão, e juntei o ovo, o azeite e a água aos poucos com o sal. Fui mexendo e até que a massa deixou de se colar às mãos (uns 5 min. depois)

Pu-la num saco plástico e deixei-a descansar um bocadinho (20 min.)

Enquanto a massa descansava, fiz a tomatada de bacalhau:

Recheio:

  • 2 postas de bacalhau

  • 4 tomates
  • 1 cebola

  • 2 dentes de alho

  • uma folha de louro

  • 4 c.s azeite

  • 1/2 copo de vinho branco
  • Azeitonas verdes aos pedacinhos
  • salsa

  • sal

  • piripiri

  • 1/2 copo de água de cozer o bacalhau

  • 1 c.s. farinha
Cozi o bacalhau, tirei as espinhas e as peles e desfiei.

Fiz um refogado com o azeite a cebola, o alho, o azeite.

Juntei depois o louro, a salsa e o tomate cortado aos bocadinhos, deixei o tomate desfazer e refresquei com o vinho branco.

Deixei apurar e adicionei o bacalhau, as azeitonas, o piripiri e o sal.

Por fim juntei a farinha diluida na água da cozedura do bacalhau para engrossar o molho.

Entretanto, liguei o forno para aquecer nos 200 graus c. Estendi a massa com o rolo e usei os cortadores de massa maiores, no centro do calzone coloquei uma colherada de recheio, e depois fechei ( o cortador aberto com a massa lá dentro e o recheio parece uma boca aberta...).

Levei ao forno a assar num "tapete" anti- aderente (não pus gordura nem farinha porque não precisa!) durante 20 min.

Acompanhei com uma saladoca de tomate, beterraba, alface e cebola.



P.S.- o recheio deve arrefecer para não furar a massa e para não queimar-mos as mãozocas... mas eu não tinha tempo a perder, e queimei-me. Valeu a pena a dor porque ficaram bastante bons!

Quanto à cozinha, não me esqueci, mas tenho tralha que ainda precisa ser arrumada e quero-vos mostrar a cozinha giraça e arrumadinha, tá?
Enviar um comentário