Experiências com Polenta...


E depois de uma semana longe desta cozinha, uma receita com uma lembrança...

Quando estive em Itália (há já algum tempo...), comi uma polenta com uns cogumelos, (não sei se estufados, se salteados...) que simplesmente adorei.

Queria arriscar a fazer, passado tanto tempo, mas não sabia que farinha de milho usar, quanto tempo levaria a cozer, que quantidade de líquido precisava... Estava cheia de dúvidas!

Pus-me em busca da receita perfeita, e depois de muito procurar, encontrei esta, no blog da Ameixinha, e resolvi experimentar. Acrescentei outros ingredientes e digo-vos que de sabor ficou muito parecida com aquela que tinha comido em Itália.

Tinha comprado de antemão farinha de milho e sêmola de milho da marca "ceifeira", e resolvi usar a sêmola, porque lembro-me que quando comi, não tinha uma textura lisa, era mais para o areado suave.

Para a parte dos cogumelos, como não tinha, usei abóbora que tinha congelada. Sim, e dirão vocês: "mas não tem nada a ver!", eu sei, mas apeteceu-me... E gostei desta combinação, também.




Polenta com estufado de Abóbora e mini Salsichas de Frango
Serve 2 porções


Para as salsichas:

Azeite
1 cebola picadinha
1 c.sb. massa de alho
Abóbora aos cubos (descongelada)
coentros
cominhos
1 frasco de mini salsichas de frango naturíssimos
1 dl vinho branco
polpa de tomate
1 c. sb. de açúcar mascavado
Sal

Comecei porque estalar no azeite, a cebola e a massa de alho.
Quando já estavam molinhos juntei a abóbora, os coentros, os cominhos e deixei saltear um pouco.
Juntei as salsichas e salteei mais um pouco.
Refresquei com o vinho e deixei voltar a ferver.
Depois a polpa de tomate e o sal.
Tapei e deixei cozinhar uns 8 min. no mínimo (que é como quem diz com a placa desligada). Quando provei, estava um pouco ácido por isso juntei açúcar e um pouquinho de água, porque estava sem molhinho.
A abóbora cozeu rápido porque estava congelada.
Entretanto fui tratar da polenta.


Para a Polenta:

3 cháv água
1 cháv. sêmola de milho
sal
alho em pó
noz moscada
queijo parmesão ralado

Juntei a sêmola e a água num tacho e levei ao lume. Quando ferveu, baixei o lume e fui mexendo com uma vara de arames, até engrossar. Quando ficou com a consistência que queria, passados mais ou menos 3 min., retirei do lume e acrescentei os restantes ingredientes a gosto.

Enviar um comentário