Anette e o Doce de Abóbora com Pinhões

Tipo livros da Anita... Lembram-se? Estou a ficar velhota...
A abóbora, utilizada na minha primeira experiência com doces e compotas, também veio da mini-quinta (acho que não da sogradorada, mas de outra mini-quinta qualquer), o que quer dizer que mais um produto de altíssima qualidade que espero dignificar nesta primeira aventura...
Estou ansiosa por reacções. Estou ansiosa pelo ponto de estrada (está a ser feito neste preciso momento, as we speak!), estou ansiosa por meter o doce no frasco e ver o tempo que ele aguenta sem se estragar, estou ansiosa de saber se sou naba ou não na primeira experiência de doces e compotas!!! Ai que me dá uma coisa no coração!!! Respira fundo e conta até mil ao contrário... Ok, mais caaaaaalma... óhmmmmmmmmm...
Segui como base esta receita.
Acrescentei e substitui umas coisinhas e retirei o cravinho que não suporto.

Doce de Abóbora com pinhões
(rendeu 2 frasquinhos de 300ml cheios até mai não e mais 2 c.sp. noutro frasco)
  • 1 kg de abóbora amarela (cortada aos bocadinhos pequenos)
  • 800 grs de açúcar (substitui por 400g de frutose)
  • 1 pau de canela
  • 1 sumo de limão (não vinha na receita)
  • 1 casca de limão (não vinha na receita)
  • 2 punhados de pinhões (não vinha na receita)

Descasquei a abóbora com a ajuda preciosa do A. e limpei de filamentos e pevides, cortámos aos bocados pequeninos e passei por água. Congelei durante 2 semanas porque não tive tempo ou disponibilidade para fazer o doce.
Ontem pus a descongelar. Hoje pus num tacho e levei ao lume brando com a frutose, o pau de canela, a casca do limão e o sumo e deixei cozer, o que demorou tipo 2 horas. Vi que o doce estava pronto quando, passando com a colher pelo tacho, via o fundo do tacho. Juntei os pinhões e deixar estar mais uns minutitos. Retirei do lume e enchi os frasquinho até bem acima. Tapei e virei-os de "cabeça" para baixo.

Para criar um espécie de vácuo e conservar o doce por mais tempo. Vi esta dica já não sei aonde e vou experimentar.
Família, rendeu pouco, por isso provam cá em casa, ok?
Nota: Se não gostar de encontrar bocadinhos de abóbora, depois do doce estar pronto passar com a varinha mágica.

Apreciação, agora, depois da ansiedade ter semi-passado:
Para mim ficou um pouco doce demais (sou suspeita porquenão gosto de coisas muito doces, por isso o limão...) mas de resto ficou com um sabor óptimo! Roubarei na frutose da próxima vez. O A. gostou!!! Mas porque é que eu não tenho requeijão em casa, hum????
Depois de um post emocionante (pelo menos para mim!...) Deixo-vos com os meus chinelos novos:

Não são amorosos?
Enviar um comentário