O que é Seitan?






A pedido de muitas familias e para responder muito rapidamente, Seitan é carne vegetal proveniente do trigo.

Para ficarem com a informação todinha aqui segue a resposta segundo o Wikipédia:

"O seitan ou glúten, como por vezes também é designado devido ao nome da proteína do cereal, é um substituto da carne derivado de uma proteína de trigo chamada glúten. É um alimento da Antiguidade, tal como o tofu. Não está claro se a receita provém da Índia ou da China. O seitan é um óptimo substituto da carne, não só a nível proteico como também a nível de preparação culinária. Pode grelhar-se, panar-se, usar em estufados, em espetadas ou assar no forno. Este é um alimento facilmente encontrado em lojas de produtos naturais. O seitan é produzido a partir da preparação da farinha de trigo. Faz-se primeiro uma massa, como para o pão. Esta é depois lavada, num passador, com água corrente. Neste processo perde as gorduras e os hidratos de carbono. A massa lavada é então cozinhada com molho de soja (shoyu ou tamari) e ganha assim uma consistência dura. Fica um preparado fibroso, que deve ser bem cortado em fatias. O seitan é um óptimo substituto da carne e assemelha-se no aspecto. É um produto rico em fibras e minerais. Encontra-se à venda em lojas de produtos naturais. Geralmente o seu período de validade é de 2-3 semanas, no entanto pode congelar-se."
Irei postar mais tarde receitinhas com ele. Tá?

Costumo temperar literalmente como tempero a carne, e faço exactamente como faço para a pouca carne que como (frango e peru) , panado, assado no forno, guisado, grelhado, ...

Prefiro o fresco, daquele que está nos frigorificos das lojas de produtos naturais ou em alguns supermercados. Nunca comi dos enfrascados.
Tem um aspecto um bocado esquisito, mas não se preocupem. Costuma ser vendido em bocados grandes, que depois facilmente se podem cortar em bifes ou pequenos bocadinhos ou então pôr inteiro assar no forno ou estufar.

Para quem tem problemas de colesterol é óptimo, porque o diabrete não está presente.

Há também o mundo maravilhoso da soja, que ficará para outras núpcias.

Gosto muito!
Enviar um comentário